Ranking da Cachaça da PLAYBOY tem renovação de 45%

Ranking da Cachaça da PLAYBOY tem renovação de 45%

Duas marcas mineiras, uma paulista e uma paraibana entraram na lista das 20 melhores pela primeira vez

A PLAYBOY de julho trará a terceira edição do aguardadíssimo ranking das cachaças. A grande novidade é que há uma renovação de 45% entre as 20 melhores cachaças do país em relação à eleição anterior, feita em 2009. Nove marcas foram desclassificadas pelo seguinte time de 22 jurados:

Os jornalistas: Albano Martins Ribeiro “ombardsman” dos bares Filial, Genésio e Genial, em São Paulo,  Josimar Melo  crítico gastronômico da Folha de S.Paulo. José Eduardo Camargo, redator-chefe do GuIa 4 Rodas e colecionador de cachaças,  Mauro Marcelo Alves –  editor de vinhos da revista Gula, Miguel iCassatti, editor-chefe do site Viajeaqui e crítico de bares, Marcelo Tas apresentador e jornalista e Ricardo Castilho, diretor de redação da revista Prazeres da Mesa.

Os pesquisadores: João Bosco Faria, doutor em química de destilados pela Unesp, Cesar Adames, especialista em bebidas, professor do Senac e da Escola de Gastronomia da Universidade de Caxias do Sul (RS), Milton Lima, apreciador de cachaças e criador do site cachacas.com, Rick Anson professor de bebidas do Centro universitário São Camilo e  Leandro Marelli de Souza pesquisador da área de tecnologia de bebidas e controle de qualidade em bebidas alcoólicas pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP).

Os sommeliers:  Mauricio Maia publicitário, consultor especializado em cachaça e criador do site ocachacier.com, Manoel Beato, do restaurante Fasano, prepara livro sobre cachaças para o fim do ano. E Souza, barman do bar Veloso, em São Paulo.

Os Chefs: Sergio Arno, chef e colecionador de cachaças, Carla Pernambuco do restaurante Carlota, Sr. Messias S. Cavalcante, considerado o maior colecionador de cachaças do mundo, Alexsander Santana,  idealizador e degustador do site amigosdacachaca.com.br. Além da cantora Bruna Caram, o diretor do documentário Devotos da Cachaça (2010), Dirley Fernandes, e José Lucio Mendes, diretor da ExpoCachaça.

Além dos desgutadores:  Leandro Batista, cachacier do restaurante Mocotó e Bel Coelho chef do restaurante Dui, que completam o júri especializado de PLAYBOY.

Quatro cachaças estreiam no ranking: as mineiras, Cachaça Rainha dos Gerais e Cachaça Germana Heritage, a paulista, Cachaça Sagatiba Preciosa, e a paraibana, Cachaça Serra Limpa.

A grande campeã será revelada na reportagem completa que chega às bancas no dia 05 de julho, com as Tchecas Michaela e Dominika na capa.

A Revista – A PLAYBOY é a maior revista masculina do país e a maior das 25 edições internacionais, ficando atrás apenas da americana. Há 35 anos no Brasil e com quase 2 milhões de leitores todo mês, PLAYBOY é uma celebração da vida e dos seus prazeres, trazendo ensaios fotográficos com as mulheres mais lindas do mundo, além de um jornalismo premiado marcado pela inteligência, sofisticação e bom humor. Nada atinge a audiência masculina como a PLAYBOY.

Informações e texto: RLC Comunicação e Idéias (Assessoria de Imprensa da Playboy)

 

Estas e outras cachaças você encontra na loja virtual Cachaça Express

Sobre Amigos da Cachaça

Um incentivo à cultura nacional! Desde 2009 promovendo a cultura brasileira.

2 comentários

  1. Olá pessoal.

    Bom vamos lá, já a algum tempo venho sendo leitor desse maravilhoso site e o considero como o melhor nesta área. Tenho 49 anos e a mais de 20 aprecio degustar uma ótima cachaças, não me considero uma excelência, mais acredito ser um profundo conhecedor.
    A alguns anos quando a revista PlayBoy lançou seu primeiro ranking de cachaças, como eu já conhecia todas as listadas e algumas outras e não pude concordar totalmente com o mesmo, achei que faltaram algumas e outras não deveriam figurar na no ranking, não que essas cachaças não fossem boas, mais sabia da existência de outras muito melhores.
    O tempo foi passando e outros ranking além dos da Playboy foram surgindo e continuei não concordando totalmente com os mesmos, a presença de algumas e a falta de outras me levaram a tentar entender o que estava ocorrendo, será que meu paladar era tão diferente!! Não creditando que tivesse um paladar tão diferenciado resolvi tirar minhas dúvidas, todas as vezes que estava com amigos que apreciam essa maravilha, fiz um teste cego, onde colocava uma das cachaça que eu entendia que não deveria estar no ranking e uma outra que acreditava que deveria estar e para surpresa desses meus amigos e não minha, quase sempre o resultado era favorável a cachaça que eu havia escolhido.
    Neste momento foi que minhas dúvidas aumentaram, pois a diferença não estava em meu paladar pelos resultados que encontrei, em algum outro motivo, resolvi então analisar os ranking e descobri que as cachaças listadas nos ranking eram basicamente sempre as mesmas, mudava uma ou outra cachaça e sempre os nomes que apareciam eram só de cachaças mais conhecidas e não das melhores, porém depois de muito pensar eu descobri o motivo. Achei tudo isso muito estranho resolvi então verificar e em minhas analises acredito ter descoberto o motivo. O problema não estava nos degustadores que fizeram o ranking, mas na falta de conhecimento de um universo maior de nossa cachacinha amada, comecei a verificar nas matérias as indicações de onde beber as mesmas e resolvi visitar os bares e outras casa que eu ainda não conhecia e em todos esses lugares percebi que os cardápios são praticamente iguais, nada de novo ou diferente, alguns com 70, 80 cachaças em seu cardápio, outros 130, 150 mais sempre algo muito parecido.
    Por isso resolvi escrever esse longo texto para tentar colaborar com um futuro ranking, que mesmo que seja igual aos que já foram feitos, que tenham basicamente a mesmas cachaças, será mais realista, pois serão degustadas um universo muito maior cachaças, para que isso ocorra os degustadores deveriam frequentar casas que tenham um cardápio mais diversificado saindo da mesmice, algo mais extenso e que tenha cachaças de varrias áreas do pais, deixo como sugestão o maior cardápio que conheço que é o do Gogó da Ema na região do Morumbi em São Paulo, com mais de 900 rótulos diferentes e entre eles estão todas as citadas em todos os rankings.

    Cachaças que faltaram:

    – CORREINHA
    – SANTO GRAU SEX 18
    – PINISSILINA
    – SALINAS
    – REPUBLICANA
    – ALDEIA
    – VELHO PESCADOR

    Um grande abraço a todos.

  2. As melhores cachaças de acordo com a Revista Playboy 2011 (capa das Tchecas):

    Anísio Santiago
    Vale Verde
    Claudionor
    Germana
    Canarinha
    Serra Limpa
    Maria Izabel Jequitibá
    Seleta
    Sagatiba Preciosa
    Germana Heritage
    MatoDentro Prata
    Cachaça da Tulha Ouro
    Santo Grau Coronel Xavier Chaves
    Boazinha
    Lua Cheia
    Casa Bucco Ouro
    Nega Fulô
    Armazém Vieira Safira
    Weber Haus Amburana
    Rainha das Gerais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.